Ser criativo não significa que você deve ser quebrado (duro).

ser criativo e não duro

O Estúdio Fl.ar focado em soluções criativas, rastreia pelo mundo inspirações que estimulem o profissional responsável por fazer esta engrenagem girar. Pensando nele vem-se abordando questões sobre a sua valorização na economia criativa e como se tirar proveito desta.

A i-D, revista de moda e cultura, abordou de forma simples e clara uma questão tanto brasileira quanto mundial: como cobrar pelo trabalho criativo.  O título desta matéria, o mesmo da revista londrina é mais que atual, é corriqueiro.

Ser um profissional da economia criativa não significa que deve –se trabalhar de graça. Passado a fase de estagiário, é importante saber como cobrar pelo trabalho criativo. O trabalho voluntário pode dar experiência. O trabalho com a moeda de troca em produtos e brindes pode fazer diferencial à carreira. Entretanto, nenhum deles alimentam ou pagam aluguel.

“O dinheiro compra mais do que o essencial: ele protege algo intangível…seu papel e sua reputação”( Wendy Syfret, i-D).

147-economia-criativa-ebs-news-site

Imagem: EBS 

Fazer perguntas à si mesmo, à colegas pares, à empresários, ajudam a formular o preço do trabalho e a cobrar por ele. O pagamento pelo trabalho exige responsabilidades de ambas as partes e formular um contrato de trabalho os assegura de possíveis inconvenientes.

A musica Banoffe, em entrevista à i-D, aborda que “Todo o trabalho criativo precisa de um corpo saudável, uma mente saudável e condições adequadas para continuar a crescer”. E, conclui: “Uma vez que você fez a pergunta uma vez e recebeu o cheque do primeiro pagamento, você vai se sentir tão durão e bom! Você não é mais um estagiário!”

Leia a matéria da i-D na integra:

https://i-d.vice.com/en_au/article/being-creative-doesnt-mean-you-have-to-be-broke?utm_source=idfbaus&utm_campaign=global

.

FL

A cafe for cold.

POA 11ºC

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 29/07/2016 às 14:10 e está arquivada sob Fashion. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: